Meus visitantes

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Diante do espelho


Diante do espelho
Um rosto pálido
Lábios caídos
Olhos perdidos...
Um sonho desfeito

Diante do espelho
Apenas um corpo
Esmagado pela ausência
Quanto desejo!
Quanta carência!

Diante do espelho
A releitura do passado
Palavras doces
Doces beijos, longos abraços...
Declarações de amor
Sedução, paixão

Diante do espelho
Só saudade de um tempo que passou
Nem marcas de batom
Nem o cheiro de perfume ficou

Diante do espelho
Estou a te procurar
E sem força
Tento meus cacos ajuntar.
Postar um comentário