Meus visitantes

sábado, 15 de outubro de 2011

Quero ser livre


Livre!
Livre quer ser
De rimas e regras poéticas

Livre da liberdade que aprisiona
Livre da vida que mata
Livre de falsos poetas
De gente hipócrita
Livre de versos marcados
Da sonoridade
Da musicalidade poética...

Livre pra escrever
Livre pra falar
Ouvir e meditar
Quero ser livre
Deixem-me!

Livre pra sentir eu quero ser
Pra voar com os pássaros
E mergulhar no oceano
Livre pra trazer sentimentos à tona
Livre pra dizer olá
Deixem-me andar por aqui e acolá

Livre! Livre quer ser!
Deixem-me!
Postar um comentário