Meus visitantes

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Só o amor me une a ti



De púrpura
Ou de luto
Na alegria ou na dor
Na despedida ou no encontro
Ao som do não ou do sim
Sob o sol do meio dia
Ou ao luar
É o amor que me une a ti

Na ausência
No silêncio e na ira
Na tristeza do teu olhar
No desprezo e nas carícias
Na revolta e no abraço
No riso que não acontece
Na voz brava e penetrante
É o amor que me une a ti

É o amor que me une a ti
Nas noites escuras
Nos desertos e abismos
Nas tormentas e nas brisas
Quando tudo parece chegar ao fim
E a solidão invade nosso lar

É só o amor
Só o amor a ti me mantém... 
Postar um comentário