Meus visitantes

sábado, 27 de julho de 2013

Amor não tem idade


Não dá pra fingir
E nem posso mais ocultar
Não queira me convencer
Aceite a verdade e não tenha medo
Eu amo você

Não quero viver assim
Às escondidas como um ladrão
Dê-me as chaves, não quero arrombar portas
Quebre seus preconceitos
a idade não é barreira para o amor

Quero fazer você feliz
Enquanto vida eu tiver
Saia de casa, vem pra rua
Estou debaixo da sua janela
A espera dos beijos seus

Ouça seu coração, escute a minha voz
Estou chamando seu nome
Venha sem demora
e traga embrulhado em papel de seda o seu sim.

Postar um comentário