Meus visitantes

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Viúva negra

Eu quis fugir mas não deu tempo
Quis me esconder por entre as brumas
mas cai em teus braços
Eu conhecia teus segredos
e não queria me envolver

Eu quis me esquivar
Fingir que não me atraía
Mas cai em tua armadilha
e como um louco te segui
Tuas pegadas eram as minhas
Teus sonhos eu realizava.



Impiedosa envolveu meu corpo
Minha alma, minha vida...
Eu não mais me pertencia
Era só teu e aos teus comandos obedecia
Teceu a tua teia em meus sonhos
e bloqueou meus projetos...

Eu conhecia teus segredos...
Eu conhecia teus segredos...
Eu conhecia teu veneno
Eu provei do teu veneno mortal

Trago em meu corpo as marcas de teu furor
Fina flor do jardim da nobreza
Encanta com o olhar de pureza
e mata com um sorriso encantador..
Postar um comentário