Meus visitantes

sábado, 17 de agosto de 2013

Pétalas negras


Não vê beleza ao teu redor
Todos são tolos e desprezíveis
Teu mundo é solitário
Nem pássaros cabem nele
Nem mesmo as rosas mais lindas
Há morte e escuridão
A cegueira te impede de ver o céu azul
O teu ego te leva ao vazio e te enche de soberba


No teu mundo não cabe mais ninguém
Nada te serve, nada encontra abrigo em ti
Todos são inúteis e miseráveis
Incultos, pobres e descartáveis.
Não há vida ao teu redor
A luz pode clarear a escuridão de tua alma
Mas prefere navegar ao brilho do próprio olhar
A perfeição está somente em ti
Todos são dementes, hipócritas e ignorantes


Há sementes querendo germinar
Tuas lágrimas poderão regá-las um dia se acordar
Do teu coração nascerá o arrependimento
O desejo de mudança brotará na alma
e dos olhos cairão todas as escamas
As mãos se estenderão ao céu em gratidão
e ao teu redor haverá vida e alegria...


Postar um comentário