Meus visitantes

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Vales e montanhas


Tenho nas mãos as chaves
Mas não sei qual porta vou abrir
Depende do meu querer
Não tenho pressa em escolher
Ainda preciso atravessar
Vales e montanhas
Mas se você vier comigo
Eu posso até acreditar que sou feliz


Não preciso de lágrimas pra regar meu rosto
Posso me machucar nos espinhos
Mas rosas trarei em minhas canções
Farei versos pra me decidir
E quando abrir a porta
Posso até ser feliz se você vier comigo


Há quedas e tropeços
É preciso um recomeço
As chaves eu tenho comigo
Qual porta vou abrir?
Se você quiser, fica fácil decidir
e podemos até ser felizes outra vez.

Postar um comentário