Meus visitantes

sábado, 14 de setembro de 2013

A velha casa


Eu queria voltar àquela velha casa
Correr pelo quintal e colher frutas no pomar
Ouvir o som da sua voz a me chamar
Escrever no chão molhado com a ponta dos dedos
Cantar junto com os sabiás
Ser feliz outra vez


Eu queria deitar naquele banco do alpendre à noite
Ou mesmo sobre esteiras de taboa em frente à casa
Ouvir as histórias que você contava
E juntos contemplarmos o céu iluminado
Procurar discos voadores ou outros objetos não identificados
E reunir a família à mesa do jantar
Ser feliz outra vez


Eu queria buscar água na mina
e tomar banho naquela bica a céu aberto
Eu queria ter vocês por perto
Ouvir o leite caindo no balde pela manhã
Sentir o cheiro de esterco molhado pela chuva
Regar a horta pela manhã e espantar as borboletas
Ser feliz outra vez


Como eu queria voltar àquela velha casa
E reviver todos os amores
Esquecer todas as dores presentes
Devolver sua cor original
Saborear os doces que fazia
Andar pela estrada juntos ao final da tarde
Simplesmente conversar e ser feliz outra vez


Eu queria vocês por perto
Mesmo sem aquela velha casa
A brincar com os netos
A dividir histórias…
Eu queria ir pra sua cama na madrugada
e sentir o afeto dos seus abraços
Ser paparicado como criança
e dormir até mais tarde no dia seguinte


Eu queria ser feliz outra vez
Encontrá-los debaixo daquela árvore
e passearmos juntos pela eternidade.

Postar um comentário